Ordem dos Advogados do Brasil - Uruguaiana - RS
Sexta-feira, 18 de outubro de 2019.
Notícias ››  

OAB derruba no STF doação oculta para eleição de 2016

publicada em 13 de novembro de 2015
Corte acatou pedido de medida cautelar da entidade para que partidos políticos passem a especificar individualmente os doadores em suas prestações de contas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) acatou, na sessão desta quinta-feira (12), o pedido de medida cautelar do Conselho Federal da OAB para que partidos políticos passem a especificar individualmente os doadores em suas prestações de contas, em contestação ao dispositivo da Lei Federal nº 9504/1997 que permitia a omissão das identificações. A declaração de inconstitucionalidade se deu de forma retroativa, valendo já para o pleito de 2016.

Por meio da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5.394, a Ordem contesta artigo da referida lei, incluído no texto após a minirreforma eleitoral sancionada em 2015, que permite aos partidos registrarem toda e qualquer doação como repasse das legendas aos candidatos, configurando as chamadas doações ocultas.

No plenário do STF, o presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, fez sustentação oral no sentido de que o dispositivo em questão edita uma norma inconstitucional. “É necessário cumprir a Constituição Federal de 1988 em sua totalidade, em especial seu art. 14, no qual fica explícita a necessidade de o Legislativo, o Executivo e o Judiciário conterem abusos de poder econômico e político. Assim, o dispositivo da Lei Eleitoral nos coloca diante de uma patente, flagrante e evidente inconstitucionalidade”, disse.

Conforme o vice-presidente da OAB, Claudio Lamachia, o projeto de reforma política deve prezar pela transparência em todas as suas instâncias. “A cidadania quer saber com precisão para quem e para qual finalidade foram utilizados os recursos. O dispositivo que permite a doação oculta vai de encontro com este princípio, portanto, não podemos permitir que ela esteja incluída no projeto final. Além de apoiarmos o fim do investimento empresarial, temos que evitar a doação oculta a candidatos”, ressaltou.

Com informações da CFOAB

Fonte: OAB/RS

Versão para impressão Envie para um amigo Deixe seu comentário

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

Comentários

Nenhum comentário ainda foi registrado.
Seja o primeiro a comentar! Clique aqui ››


Contato

Endereço
Rua General Hipólito, 3464
· Uruguaiana - RS - Brasil
CEP 97510230
Telefone
Fone: +55 55 3412-3780

Fax: +55 55 3411-0116